[cc-br] 'Informática' e Tecnologia de Informações

Paulo Augusto de Castro Soares pacs at uol.com.br
Thu May 21 18:42:43 EDT 2009


Caro André,

Entendo que "Tecnologia de Informação" não é um nome 'fashion' para o
que antes chamávamos de Informática. A diferença entre ambas é profunda
e tem, creio, interesses econômicos e jurídicos.

É preciso entender que em países como Brasil ou Índia, a chamada
INFORMÁTICA se nutre da violação da propriedade intelectual. Neste
sentido, ela nada mais é do que suporte 'oficioso' às práticas de
pirataria. Este é um aspecto central da INFORMÁTICA na formação de
mão-de-obra 'técnica', que nada tem a ver com desenvolvimento de
tecnologia ou inovação.

A INFORMÁTICA dá origem a uma indústria de 'serviços de customização'
com pequeno valor agregado, que só pode ser compreendida verdadeiramente
nas RELAÇÕES DE TRABALHO e cuja função econômica é vender 'propriedade
intelectual' de Corporações estrangeiras para a atividade produtiva ou
para o Governo.

Por outro lado, a Tecnologia da Informação é um fenômeno totalmente
diverso. Algum livro diria que a Tecnologia de Informação seria a união
da área de processamento de dados com a área de telecomunicações. A
analogia caricata da INFORMÁTICA aqui seria a WEB e seus Orkuts. Tal
como na Informática, o 'valor agregado' da Internet é invísivel numa
economia como a nossa. Ao contrário, ela corresponde à possibilidade de
uma brutal concentração dos sistemas de informação nos países centrais.

Estou certo de que com a crise de seu modelo, a proteção aos direitos da
INFORMÁTICA se dará num ramo do Direito de TRABALHO, pelo total
'achatamento' do conteúdo local em termos de valor agregado.

Por outro lado, a remuneração da propriedade intelectual e da utilização
*REMOTA* de  tecnologias das matrizes (via sistemas remotos nas
matrizes) passará a ser uma questão privada, do comércio intra-muros de
grandes Corporações, realidade que, convenhamos, é bastante opaca ao
direito público.

O Brasil, pátria do celular analfabeto, continuará vendo tecnologia onde
já não há.

PA





More information about the cc-br mailing list