[cc-br] RES: RSS 'extensions' published by Microsoft

Guilherme Kujawski kujawski at itaucultural.org.br
Wed Nov 23 08:47:29 EST 2005


Oi Omar!

Vale contextualizar a discussão.

Um súbito ímpeto libertário não está tomando conta dos executivos da MS; é mudança de modelo de negócio mesmo.

Guilherme Kujawski
Itaulab

---------------------------------------
Software se tornou mídia, propõe a Microsoft
-- Carlos Eduardo Valim, GZM --  

São Paulo, 23 de Novembro de 2005 - O software virou mídia. A afirmação é de Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor para o Brasil e América Latina da MSN, unidade de internet da Microsoft. "A publicidade pode ser uma fonte de receita de software", diz. 

O posicionamento fez eco em dois fatos da empresa nas últimas semanas: um comunicado interno disparado pelo fundador Bill Gates de que a Microsoft deve explorar novos modelos de vendas de software e o anúncio do Windows Live! e do Office Live!, novos softwares disponíveis na internet. Parte dos usuários dos produtos terão acesso gratuito, com os custos bancados por meio de publicidade. 

A Microsoft, que sempre se posicionou como defensora da venda de licenças como único modelo de negócios de software viável, pela primeira vez indicou que pode explorar novos formatos. É uma forma de enfrentar a ameaça dos software de código aberto, como o Linux, a evolução do Ajax e o fortalecimento do Google como grande rival na internet. 

A iniciativa Live! leva a outras unidades da empresa a venda de patrocínio, que era exclusividade da MSN. "Ensinaremos toda a empresa a trabalhar com isso", diz Oliveira. No ano fiscal 2005, terminado em junho, a MSN registrou crescimento de 16% em receita publicitária, para US$ 1,399 bilhão. 

O comunicador instantâneo MSN Messenger se constituiu em parte importante disso, já que atinge atualmente 170 milhões de usuários globalmente. São 14 milhões no Brasil, a segunda maior base do mundo, só atrás dos Estados Unidos. "Ouso dizer que o Messenger só perde para as TVs abertas em termos alcance de massa. O rádio tem mais presença, mas a audiência é muito fragmentada", defende o executivo. 

Abertura de código 

A Microsoft anunciou ontem que irá oferecer padrões abertos para o formato de documentos do Word, Excel e PowerPoint, que formam o pacote Office. 

Em comunicado, a empresa disse que vai trabalhar em parceria com outras companhias para submeter sua tecnologia de formato Office Open XML (Extensible Markup Language) à Ecma International, grupo europeu especializado em padrões abertos de tecnologia, e à ISO (International Organization for Standardization), nos Estados Unidos. Novas aplicações deverão movimentar o mercado de desenvolvedores em torno das ferramentas, conforme expectativa da empresa.

-----------------------------


-----Mensagem original-----
De: cc-br-bounces at lists.ibiblio.org
[mailto:cc-br-bounces at lists.ibiblio.org]Em nome de Omar Kaminski
Enviada em: quarta-feira, 23 de novembro de 2005 06:56
Para: cc-br
Assunto: [cc-br] RSS 'extensions' published by Microsoft


http://www.theregister.co.uk/2005/11/22/microsoft_rss_standard/

"RSS 'extensions' published by Microsoft


Microsoft has released details of a set of proposed extensions to Really 
Simple Syndication (RSS), billed as making it easier to receive and share 
data.

A draft of Simple Sharing Extensions (SSE) version 0.9 for RSS 2.0, and 
Outline Processor Markup Language (OPML), has been published under the 
Creative Commons license by Microsoft. (...)"


http://msdn.microsoft.com/xml/rss/sse/

"Microsoft's copyrights in this specification are licensed under the 
Creative Commons Attribution-ShareAlike License (version 2.5). To view a 
copy of this license, please visit 
http://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.5/. As to software 
implementations, Microsoft is not aware of any patent claims it owns or 
controls that would be necessarily infringed by a software implementation 
that conforms to the specification's extensions. If Microsoft later becomes 
aware of any such necessary patent claims, Microsoft also agrees to offer a 
royalty-free patent license on reasonable and non-discriminatory terms and 
conditions to any such patent claims for the purpose of publishing and 
consuming the extensions set out in the specification."

[]s 


_______________________________________________
cc-br mailing list
cc-br at lists.ibiblio.org
http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/cc-br


Esta mensagem e uma correspondencia reservada. Se voce a recebeu por engano, por favor desconsidere-a. 
O sistema de mensagens da Internet nao e considerado seguro ou livre de erros. Esta instituicao 
nao se responsabiliza por opinioes ou declaracoes veiculadas atraves de e-mails.




More information about the cc-br mailing list