RES: [cc-br] Quase off topic

Alexandre C Ferrari ferrarigroup at ferrarieastolfi.com.br
Thu Mar 11 08:37:26 EST 2004


Adianto que gostei muito do tema e como advogado, coloco-me inteiramente
à disposição para tentar ajudar em algo !
 
Para não complicar os offs nessa lista, podemos usar outra, caso queiram
 
a lista DoutorD está tranquila para receber esse assunto e podermos
esclarecer diversos temas desse assunto ótimo !
 
com a permissão:
 
Para assinar a lista:	  <mailto:DoutorD-subscribe at yahoogrupos.com.br>
DoutorD-subscribe at yahoogrupos.com.br	
Para enviar mensagens: 	  <mailto:DoutorD at yahoogrupos.com.br>
DoutorD at yahoogrupos.com.br	
Para cancelar a assinatura:	 DoutorD-unsubscribe at yahoogrupos.com.br

Para Falar diretamente com o DoutorD.
DoutorD-owner at yahoogrupos.com.br 	
 
 
Alexandre C Ferrari
"Desde o momento em que sufoco a silenciosa voz interior, eu deixo de
ser útil." - Gandhi (indiano-1869/1948).
 
 
-----Mensagem original-----
De: cc-br-bounces at lists.ibiblio.org
[mailto:cc-br-bounces at lists.ibiblio.org] Em nome de R H Barchilon
(Master)
Enviada em: quarta-feira, 10 de março de 2004 19:39
Para: Creative Commons Brazil
Assunto: [cc-br] Quase off topic


Amigos da lista, 
 
Já que a lista anda meio parada, aí vai um off topic.
 
Pra quem não sabe, a CPI da Pirataria da Assembléia Legislativa do Rio
de Janeiro, capitaneada pelo recém-eleito deputado Júlio Lopes (aquele
mesmo que tem um programa de entrevistas na TV), há poucos dias, numa
diligência monstruosa, com policiais armados até os dentes, apreendeu
dezenas de computadores de trabalhadores em boxes onde se instalam
pequenas oficinas de reparo e venda de partes e peças, que se concentram
num lugar chamado "Infoshopping", situado no elegante bairro da Barra da
Tijuca, mas que também tem outros estabelecimentos do tipo em vários
outros bairros da cidade.
 
A apreensão se deu por constatação de instalação de sistemas
operacionais da M$ e sua suíte.
 
A M$ está por trás disso ? Parece que sim: técnicos da M$ acompanhavam a
diligência, identificando para as autoridades os números das cópias
piratas...
 
Os rapazes - todos muito jovens - são trabalhadores dos quais já me vali
inumeras vezes em emergências.
 
Caçadores de peças extintas. Fuçadores de segredos perdidos. Realmente
estudiosos os meninos.
 
Foram apreendidas quase cem máquinas no local.
 
Não acho justo o que fizeram com esses garotos.
 
Além disso, precisam trabalhar com Windows para poder consertar as
máquinas dos clientes e para estudar seus problemas. A M$ finge que
entende o dilema dos consertadores de computador, mas, na verdade, não
entende. Não existe um tipo de licença que os regularize. Parece que a
M$ quer mesmo a sua completa extinção. No mínimo para ajudar seus
parceiros OEM.
 
A tal da CPI, entretanto, parece querer achar um bode expiatório para a
pirataria, e já achou: ataca os meninos que ficam nos stands desse
centro de informática consertando máquinas e vendendo peças de
reposição.
 
Claro que usavam software pirata, mas não é essa visão pequena que vai
resolver o problema.
 
O problema jurídico é que, sem que o sistema operacional venha do
cliente com licença da M$, os garotos não poderão mais consertar nada,
pois, como se sabe, a adição ou alteração de componentes enseja
reinstalação do SO no Win2k e Xp.
 
Como fui chamado a defendê-los, propus a imediata criação de uma
associação que congregue a todos para viabilizar o banimento da
microsoft dos computadores deles e, aos poucos, dos clientes.
 
Por enquanto, além das medidas jurídicas em sua defesa, para liberação
das máquinas dos clientes, o plano é criar um fundo comum que forneça a
todos eles meios e conhecimento suficiente para poder instalar LINUX nas
máquinas entregues a serviço, particionando discos para poder continuar
a atender a clientela.
 
Acho que posso colher boas sugestões de vcs.
 
Confesso que nunca tinha pensado no assunto por esse prisma e achei
fascinante.
 
Roberto at Barchilon.com
----- Original Message ----- 
From: cmotta at cbeji.com.br 
To: 'Creative Commons Brazil' <mailto:cc-br at lists.ibiblio.org>  
Sent: Thursday, March 04, 2004 6:19 AM
Subject: RE: [cc-br] Licença Não-derivativa está OK?

Omar,
 
Vou pensar sobre o assunto e enviarei um e-mail com algumas ideias.
 
Um abraco!
 
Carlos Motta
796, Escondido Rd., 
Rains 14-A
Stanford, CA
94305-7562 USA
(650) 498.0717
 <mailto:cmotta at stanford.edu> cmotta at stanford.edu
www.cbeji.com.br 
-----Original Message-----
From: cc-br-bounces at lists.ibiblio.org
[mailto:cc-br-bounces at lists.ibiblio.org] On Behalf Of Omar Kaminski
Sent: Wednesday, March 03, 2004 9:31 AM
To: Creative Commons Brazil
Subject: Re: [cc-br] Licença Não-derivativa está OK?
 
Vocês são uns gozadores... 
 
Motta: Estou também à disposição para auxiliar no que estiver ao meu
alcance. Em princípio, acho que o conceito do "noncommercial" guarda
alguma relação com o "fair use", que por sua vez é pouco recepcionado
pelo direito Pátrio.
 
Abraços a todos,
 
Omar
 
----- Original Message ----- 
From: Paulo Sá  <mailto:psael at convex.com.br> Elias 
To: cc-br at lists.ibiblio.org 
Sent: Wednesday, March 03, 2004 2:21 PM
Subject: Fw: [cc-br] Licença Não-derivativa está OK?
 
Prezado Carlos Motta: 
 
Você está sendo gentil. O famoso mesmo é o Omar Kaminski !!
 
Conte comigo. Vou pensar a respeito e escreverei para você a respeito do
"noncommercial". Este seu contato nos Estados Unidos é muito importante
para a comunidade acadêmica brasileira. Precisamos desta troca de
experiências. Recentemente esteve por aí, mas creio que em Harvard, o
nosso colega Lionel Zaclis para concluir o doutorado. Parece que tratou
de "cyberlaw" em suas pesquisas. Entre em contato com ele.
<mailto:lzaclis at zacluc.com.br> lzaclis at zacluc.com.br
 
Uma dúvida: como é apresentado o "Cyberlaw" nas grades curriculares nas
Universidades norte-americanas? Há cadeiras destas disciplinas na
graduação?? São divididas por áreas ou recebem uma denominação comum
(qual?). 
 
Abraços,
 

Paulo Sá Elias
 <mailto:psael at convex.com.br> psael at convex.com.br 
 <http://www.direitodainformatica.com.br/>
www.direitodainformatica.com.br
 
----- Original Message ----- 
From: cmotta at cbeji.com.br 
To: 'Creative Commons Brazil' <mailto:cc-br at lists.ibiblio.org>  ; 'Paulo
Sá  <mailto:psael at convex.com.br> Elias' 
Sent: Tuesday, March 02, 2004 9:36 PM
Subject: RE: [cc-br] Licença Não-derivativa está OK?
 
Ja que a discussao sobre as camisetas esta quente com dois dos mais
famosos Internet Lawyers do Brasil, aproveito a oportunidade para
iniciar uma troca de ideias sobre o sentido da expressao “noncommercial”
da licenca do CC. Estou pensando em elaborar um paper sobre o tema
conforme sugerido pelo Lessig e o Glenn aqui em Stanford.
 
Gostaria do auxilio, principalmente do pessoal que desenvolve e cria os
“works” (mas a sugestao de todos e muito bem-vinda) sobre o que vcs
entendem que o termo noncommercial engloba (quais as atividades).
 
Um abraco a todos!   
 
Carlos Motta
796, Escondido Rd., 
Rains 14-A
Stanford, CA
94305-7562 USA
(650) 498.0717
 <mailto:cmotta at stanford.edu> cmotta at stanford.edu
www.cbeji.com.br 


  _____  


_______________________________________________
cc-br mailing list
cc-br at lists.ibiblio.org
http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/cc-br

-------------- next part --------------
An HTML attachment was scrubbed...
URL: http://lists.ibiblio.org/pipermail/cc-br/attachments/20040311/2f6703d6/attachment.html 


More information about the cc-br mailing list