[cc-br] Grandes gravadoras processam 261 pessoas nos EUA por troca de arquivos de músic

carolina.rossini at corp.terralycos.com carolina.rossini at corp.terralycos.com
Tue Sep 9 08:08:06 EDT 2003


Grandes gravadoras processam 261 pessoas nos EUA por troca de arquivos de 
músic






Segunda-feira, 08/09/2003 - 21h02m
Grandes gravadoras processam 261 pessoas nos EUA por troca de arquivos de
música
NOVA YORK - A indústria musical americana deu início a uma ação legal 
contra
261 pessoas acusadas de compartilhar arquivos de música pela internet sem
autorização. Tribunais federais em várias partes dos Estados Unidos estão
recebendo processos judiciais que vinham sendo aguardados ansiosamente 
pela
indústria. A indústria musical afirma que o compartilhamento de arquivos
musicais é uma violação das leis de direitos autorais e responsabiliza a
prática pela queda na venda de CDs no mundo todo.

A ação legal é polêmica, com muitos observadores acusando a Associação das
Gravadoras dos Estados Unidos, a Recording Industry Association of America
(RIAA), de estar exagerando na punição.

Segundo a BBC, aqueles que forem considerados culpados de troca ilegal de
arquivos musicais podem ter que pagar multas de até US$ 150 mil (R$ 439 
mil)
por música.

Os usuário estão sendo intimados em nome de gravadoras como Universal 
Music
Group, BMG, EMI, Sony e Warner, depois que a RIAA anunciou, em junho, que
indivíduos que compartilham arquivos musicais seriam os próximos alvos.

Os processos legais têm origem nas intimações enviadas para provedores da
internet e outros grupos que buscavam identificar cerca de 1.600 pessoas 
que
a RIAA acredita estarem compartilhando ilegalmente arquivos musicais.

Apesar da possível multa de US$ 150 mil por música, a RIAA disse que 
estaria
pronta a chegar a um acordo em cada caso.

A RIAA processou anteriormente quatro estudantes que eram acusadas de ter
disponibilizado milhares de músicas na rede do colégio. O acordo 
financeiro
nesses casos ficou entre US$ 12,5 mil e US$ 17 mil cada um.

De acordo com o New York Times, a indústria fonográfica também deverá
anunciar uma anistia para as pessoas que admitirem que compartilham
ilegalmente de música online. Elas precisam, entre outras coisas, prometer
que vão apagar qualquer música baixada ilegamente e que não vão trocar
arquivos musicais novamente. Mas as pessoas intimadas pelos processos
judiciais dessa segunda-feira não entram na oferta de anistia.






-------------- next part --------------
An HTML attachment was scrubbed...
URL: http://lists.ibiblio.org/pipermail/cc-br/attachments/20030909/12951a7c/attachment.html 


More information about the cc-br mailing list