[AI] Novo site Brasil.Gov

Guilherme Lundgren g.lundgren em gmail.com
Sábado Março 6 18:16:17 EST 2010


Pessoal,

http://www.sweden.se/ - o brasil.gov como deveria ser.

notem a clareza e facilidade de se encontrar informações, o design limpo, a
implementação pixel-perfect, a malha definida com clareza. dá gosto de
mostrar um site desse.



2010/3/5 Yasodara Cordova <yasodara.cordova em gmail.com>

> Cheio de falhas, desde a escolha do CMS
> (plone usa ZODB - pesado, não é fácil de
> configurar, nem de manter, profissionais caros
> para manutenção) até o próprio front end que
> não conta com acessibilidade, vídeos sem
> legenda e mais uma pancada de erros de
> design e arquitetura que dariam um post e tanto.
>
> 11 milhões pode ser um valor plausível,
> mas não para um resultado como esse.
> Lembrando que a agencia nao fez conteúdo,
> só tecnologia mesmo.
>
> Nem culpo a Agência, mas quem
> trabalha com governo sabe que a gestão de
> TI deixa a desejar e muito, no que tange à web.
>
> Não é questão de valor. Tenho visto esse tipo de
> fail desde 2004: falta de cuidado com a gestão
> do design e da tecnologia. Sites entregues
> de qualquer jeito, nenhuma métrica para avaliar
> o resultado, nenhum tipo de avaliação quantitativa na
> entrega, nem análise de performance, teste de
> acessibilidade, usabilidade, enfim, trabalho
> TOSCO, tanto da parte dos contratados como dos
> contratantes.
>
> Eu apostaria pelo menos numa versão mobile,
> e outra HTML5, (nem vou discutir interface)
> conteudo creative commons e um cms menos
> amarrado, além de servidores no Brasil.
>
> Mas né, quem sou eu <>.
>
>
> Yaso
> @yaso
>
>
>
> 2010/3/5 Ricardo Tomasi <ricardobeat em gmail.com>
>
> O release menciona 200 profissionais, dá pra fechar as 80k horas em um ano
>> com um quarto disso tranquilamente. Descontando impostos, despesas, 95
>> filmes (!), tem gente falando em prejuízo - o que "justificaria" a despesa
>> de 600 mil por mês com hospedagem.
>>
>> Aposto que a maioria dos profissionais que trabalhou no projeto não ganhou
>> mais que a média da profissão. Parece muito dinheiro, mas o escopo do
>> projeto é proporcional.
>>
>> Em 5 de março de 2010 11:56, André Malheiro <andre.malheiro em gmail.com>escreveu:
>>
>> a minha conta é outra:
>>>
>>> R$ 11 milhões por 80 mil horas de programação, desconsiderando as demais
>>> atividades, dá R$ 137,50 por hora/homem. considerando os custos de uma
>>> empresa e salários de mercado, não estaria totalmente desproporcional para
>>> uma agência de grande porte.
>>>
>>> a pergunta é: 80 mil horas de programação??
>>>
>>> isso dá 38 anos de programação, ou 38 programadores trabalhando full-time
>>> durante um ano.
>>>
>>>
>>>
>>> 2010/3/5 Yasodara Cordova <yasodara.cordova em gmail.com>
>>>
>>> Disseram por aqui que 11 milhoes englobava a
>>>> publicidade toda em torno do produto. Que o
>>>> portal mesmo teve o orcamento de 7,5.
>>>>
>>>> Vai entender. Uma equipe de 10 pessoas,
>>>> vamos dizer 3 designers, 2 interface e 5 desenvolvedores,
>>>> ganhaando 10 mil (cada um), por 6 meses, daria
>>>> 100 mil x6=600. Coloque mais um scrum master por 20 mil por
>>>> mes (astronomico) (120)e o valor da infra em 3 milhoes.
>>>>
>>>> 120+600+3 milhoes = 3.720 milhoes. (valor ainda astronomico)
>>>>
>>>> Na boa, isso faria ate uma rede social de
>>>> servicos gratuitos do governo. O produto
>>>> entregue pela TV1 eh um lixo pro que custou.
>>>>
>>>> Como sera q foram gastos esses milhoes?
>>>>
>>>>
>>>> yasodara
>>>>
>>>>
>>>> 2010/3/5 Rafael Xavier <rafaelxavier em gmail.com>
>>>>
>>>>> Carol,
>>>>>
>>>>> Eu também leio RSS mas, no meu ponto de vista, o Twitter faz o que o
>>>>> RSS não fez em anos. Nada contra RSS mas para efeito de comunicação de um
>>>>> portal do governo acredito que o Twitter pode ser mais direto e
>>>>> abrangente... e se já existe um canal do Twitter pronto por que não
>>>>> utilizá-lo? Ou então use os dois em conjunto.
>>>>>
>>>>> Isso não é restrito a esse caso. Vejo sites de notícias que mal usam
>>>>> Twitter para divulgar matérias. Um bom exemplo foi o caso do site de artigos
>>>>> Webinsider - sempre "pinga" um tweet assim que sai um artigo. Ficou muito
>>>>> melhor do que abrir o email e clicar nas matérias que vinham pela
>>>>> newsletter.
>>>>>
>>>>> Yasodara,
>>>>>
>>>>> Pelo que soube foram 11 milhões.
>>>>>
>>>>> [ ]s
>>>>>
>>>>> Rafael Xavier
>>>>>
>>>>>
>>>>>
>>>>> 2010/3/5 Ana Carolina I C Araujo <anacicaraujo em gmail.com>
>>>>>
>>>>>> Rafael,
>>>>>>
>>>>>> Só uma observação: o fato de ter Twitter não tem nada a ver com a
>>>>>> manutenção de RSS. Na minha opinião são coisas completamente distintas. Tem
>>>>>> gente (como eu) que só lê RSS.
>>>>>>
>>>>>> [ ]'s,
>>>>>> Carol
>>>>>>
>>>>>>
>>>>>> 2010/3/5 Rafael Xavier <rafaelxavier em gmail.com>
>>>>>>
>>>>>>> Gostei do site principalmente pelo layout mais solto, um pouco mais
>>>>>>> moderno e fora do padrão governamental. Trabalho com projetos para o governo
>>>>>>> e sei que é complicado mudar a cabeça das pessoas.
>>>>>>>
>>>>>>> Parabéns a TV1 e ao nosso amigo @horaciosoares que foi citado através
>>>>>>> de um link para a Acesso Digital na área sobre Acessibilidade!
>>>>>>>
>>>>>>> Algumas considerações que levo para a lista discutir:
>>>>>>>
>>>>>>> 1) Percebi que ao escolher o contraste e uma fonte maior, o site
>>>>>>> guarda esta informação para sempre até a próxima sessão do usuário. Eu fui
>>>>>>> testar e depois para voltar ao default tive que alterar as configurações em
>>>>>>> todas as páginas que eu navegava. Achei legal mas depois cansa ter que ficar
>>>>>>> mexendo toda hora.
>>>>>>>
>>>>>>> 2) Não reparei em áreas habilitadas para comentários de usuários. Não
>>>>>>> sei se era o foco do projeto mas seria interessante ouvir opiniões.
>>>>>>>
>>>>>>> 3) Se existe Twitter não vi motivo para manter um RSS.
>>>>>>>
>>>>>>> 4) Conversando com o @dulcetti, acho que os portais brasileiros
>>>>>>> deveriam publicar também os vídeos no VideoLog como forma de incentivo ao
>>>>>>> produto nacional.
>>>>>>>
>>>>>>> 5) Nos thumbs dos vídeos, poderiam colocar o tempo do filme no
>>>>>>> preview e melhorar a imagem inicial - Ex: "Turismo Rural Santa Catarina" tem
>>>>>>> um jogador de basquete cadeirante.
>>>>>>>
>>>>>>> 6) A página de "Loading" poderia ser mais atraente ao invés da Times
>>>>>>> em fundo branco :)
>>>>>>>
>>>>>>> 7) Alguém sabe se o CMS é proprietário ou rola alguma ferramenta
>>>>>>> conhecida? Qual a tecnologia? ASPX, Java, PHP?
>>>>>>>
>>>>>>> 8) Gostei do breadcrumb e depois lembrei que vi tinha visto um
>>>>>>> parecido (Delicious)
>>>>>>>
>>>>>>> 9) Achei um pouco confuso o cabeçalho em páginas com alguns fundos.
>>>>>>> Ex: http://www.brasil.gov.br/para/trabalhador
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>> No mais, parabéns pela mudança e espero que atenda a população
>>>>>>> adequadamente como papel de um portal do governo.
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>> Abraços a todos,
>>>>>>> Rafael Xavier
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>> 2010/3/5 Guilherme Marques Coelho <guilhermecoelho em fundep.ufmg.br>
>>>>>>>
>>>>>>>>   Bom dia pessoal,
>>>>>>>>
>>>>>>>> Para quem ainda não viu, está no ar o novo site Brasil.Gov
>>>>>>>> http://www.brasil.gov.br/
>>>>>>>>
>>>>>>>> O projeto foi lançado na manhã de quarta-feira em Brasília e contou
>>>>>>>> com a presença do presidente.
>>>>>>>>
>>>>>>>> Com grande destaque na apresentação, o Ministro da Secretaria de
>>>>>>>> Comunicação da Presidência da República, Franklin Martins, ressaltou os
>>>>>>>> diferencias do projeto focados na *acessibilidade*, *usabilidade* e
>>>>>>>> *arquitetura de informação*.
>>>>>>>>
>>>>>>>> A TV1 <http://www.tv1.com.br/> assina o projeto que tem alguns
>>>>>>>> números impressionantes:
>>>>>>>>
>>>>>>>> - 200 profissionais do Grupo TV1 com perfil multidisciplinar:
>>>>>>>> webdesigners, planejadores, programadores, redatores, infografistas,
>>>>>>>> arquitetos de informação e diretores de arte, entre outros.
>>>>>>>>
>>>>>>>> - Mais de 1,5 mil textos
>>>>>>>>
>>>>>>>> - Mais de 40 infográficos
>>>>>>>>
>>>>>>>> - 95 vídeos com gravações em 12 estados
>>>>>>>>
>>>>>>>> - Mais de 100 entrevistas
>>>>>>>>
>>>>>>>> - 2 mil páginas de vídeo e MP3
>>>>>>>>
>>>>>>>> - 80 mil horas de programação
>>>>>>>>
>>>>>>>> - Design de mais de 100 templates diferentes
>>>>>>>>
>>>>>>>> - Cerca de 500 módulos de HTML integráveis
>>>>>>>>
>>>>>>>>
>>>>>>>>
>>>>>>>> Detalhes em:
>>>>>>>>
>>>>>>>> http://www.brasil.gov.br/noticias/0-brasil-lanca-novo-portal-com-mais-de-500-servicos-disponiveis-para-os-cidadaos
>>>>>>>>
>>>>>>>>
>>>>>>>> http://www.tv1.com.br/index.php/2010/03/o-novo-portal-brasil-desenvolvido-pelo-grupo-tv1/
>>>>>>>>
>>>>>>>> http://www.youtube.com/watch?v=a8Tr5ARkysA
>>>>>>>>
>>>>>>>>  Abs,
>>>>>>>>
>>>>>>>> *Guilherme Marques – BH*
>>>>>>>>
>>>>>>>> www.guilhermemarques.com
>>>>>>>>
>>>>>>>>
>>>>>>>>
>>>>>>>> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
>>>>>>>> Ao responder, elimine o texto não essencial
>>>>>>>> de mensagens anteriores e evite formatação.
>>>>>>>>
>>>>>>>> Lista de discussão AIfIA-pt
>>>>>>>> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
>>>>>>>> Arquitetura de Informação em Português
>>>>>>>> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
>>>>>>> Ao responder, elimine o texto não essencial
>>>>>>> de mensagens anteriores e evite formatação.
>>>>>>>
>>>>>>> Lista de discussão AIfIA-pt
>>>>>>> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
>>>>>>> Arquitetura de Informação em Português
>>>>>>> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>>>>>>>
>>>>>>
>>>>>>
>>>>>> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
>>>>>> Ao responder, elimine o texto não essencial
>>>>>> de mensagens anteriores e evite formatação.
>>>>>>
>>>>>> Lista de discussão AIfIA-pt
>>>>>> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
>>>>>> Arquitetura de Informação em Português
>>>>>> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>>>>>>
>>>>>
>>>>>
>>>>> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
>>>>> Ao responder, elimine o texto não essencial
>>>>> de mensagens anteriores e evite formatação.
>>>>>
>>>>> Lista de discussão AIfIA-pt
>>>>> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
>>>>> Arquitetura de Informação em Português
>>>>> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>>>>>
>>>>
>>>>
>>>>
>>>> --
>>>> Yasodara Córdova
>>>> @yaso
>>>> www.yaso.in
>>>>
>>>> "Tecnologia é mato, o que importa são as pessoas - Dpádua"
>>>> "Un bon croquis vaut mieux qu'un long discours - Napoleon Bonaparte"
>>>>
>>>>
>>>>
>>>> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
>>>> Ao responder, elimine o texto não essencial
>>>> de mensagens anteriores e evite formatação.
>>>>
>>>> Lista de discussão AIfIA-pt
>>>> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
>>>> Arquitetura de Informação em Português
>>>> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>>>>
>>>
>>>
>>> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
>>> Ao responder, elimine o texto não essencial
>>> de mensagens anteriores e evite formatação.
>>>
>>> Lista de discussão AIfIA-pt
>>> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
>>> Arquitetura de Informação em Português
>>> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>>>
>>
>>
>> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
>> Ao responder, elimine o texto não essencial
>> de mensagens anteriores e evite formatação.
>>
>> Lista de discussão AIfIA-pt
>> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
>> Arquitetura de Informação em Português
>> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>>
>
>
>
> --
> Yasodara Córdova
> @yaso
> www.yaso.in
>
> "Tecnologia é mato, o que importa são as pessoas - Dpádua"
> "Un bon croquis vaut mieux qu'un long discours - Napoleon Bonaparte"
>
>
>
> . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
> Ao responder, elimine o texto não essencial
> de mensagens anteriores e evite formatação.
>
> Lista de discussão AIfIA-pt
> AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
> Arquitetura de Informação em Português
> http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
>



-- 
Guilherme Lundgren
81 8172 5060
Veneo Interactive
http://veneo.com.br
http://twitter.com/veneo
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: http://lists.ibiblio.org/pipermail/aifia-pt/attachments/20100306/09380100/attachment.html 


Mais detalhes sobre a lista de discussão AIfIA-pt