[cc-br] Exclusividade

Marcos marcos at setri.com.br
Sun May 17 10:57:34 EDT 2009


Favor retirar meu e mail 

----- Mensagem Original -----
De: Hudson Lacerda <hfml at brfree.com.br>
Enviada: sábado, 16 de maio de 2009 22:22
Para: Creative Commons Brazil <cc-br at lists.ibiblio.org>
Assunto: Re: [cc-br] Exclusividade

Pablo de Camargo Cerdeira wrote:
> Oi Hudson,
> 
> Desculpe ser breve mas estou escrevendo de um telefone.

Oi Pablo,
Pela completude das respostas, parece que seu telefone tem um teclado 
USB conectado! :-)
Muito obrigado.

> 
> 1. Exclusividade: simples. Direito não-cogente. O editor, sabendo que  
> a composição é CC by-sa de antemão está se dispondo a não ter  
> exclusividade. Essa questão da exclusividade foi feita pensando em  
> gravações no modelo das décadas passadas. Não é preciso considerar  
> que não se aplica àobra original.

(Sua mensagem anterior me deu a impressão de que seria justamente o 
contrário.)

OK. Minha questão era para tirar essa dúvida.

> 
> 2. No exemplo dos Cicranos, sim, se for uma licença SA, terá que ser  
> pela mesma. Mas você pode optar por uma licença não-SA. Depende do  
> autor.
> 
> 3. Domínio público. CC não tem nada a ver com DP, lógico. Apenas no  
> exemplo é que os efeitos são parecidos. Se vai ter que ser pela mesma  
> licença ou não é uma opção do autor, não uma obrigação.

OK. É que me pareceu que em sua primeira resposta o produtor do 
fonograma pudesse ignorar as condições de autorização do autor, 
tornando-se único "dono" do fonograma.

> 
> Desculpe, mas discordo quanto a haver falhas nas CCs. Acho, sim, que  
> pode-se duscutir se esta ou aquela redação seria a mais adequada, mas  
> nenhuma delas é falha ou contém falhas. Quais seriam as falhas que  
> v

[A mensagem original inteira não está incluída]



More information about the cc-br mailing list