RES: [AIfIA-pt] Re: Excesso de técnica

Ana Luísa Ponsirenas (Criação - SPO) analuisa em agenciaclick.com.br
Quinta Julho 31 11:07:36 EDT 2003


Acredito que mesmo o sujeito cujo trabalho é seguir ordens pode contribuir
para o conceito e para soluções criativas no projeto.

-----Mensagem original-----
De: Livia Labate [mailto:liv em livlab.com] 
Enviada em: quinta-feira, 31 de julho de 2003 12:10
Para: Arquitetura da Informacao em Portugues
Assunto: Re: [AIfIA-pt] Re: Excesso de técnica

Eu acredito que a teoria seja relevada em tarefas 'mecânicas' (fiquei na
dúvida se foi esse o sentido usado com 'técnicas'). Teoria não é usada
quando o trabalho do sujeito é seguir ordens "Faça X rolar daqui até aqui no
Flash usando Y". Agora, quando você diz "transforme esse layout em PSD em um
markup com imagens", existem diversas inferências que a pessoa deve fazer,
tipo, usar HTML ou XHTML? otimizar as imagens? como? que formato usar? e
diversas outras coisas, das quais cada uma tem um "por quê?" Isso exige um
mínimo de conhecimento teórico, que nesse caso é bastante técnico. E isso
falta muuuuuuuito. Um exemplo gritante é a despreocupação com Acessibilidade
quando se escreve algo básico como HTML ou XHTML.

----- Original Message ----- 
From: "Ana Luísa Ponsirenas (Criação - SPO)" <analuisa em agenciaclick.com.br>
To: "Arquitetura da Informacao em Portugues" <aifia-pt em lists.ibiblio.org>
Sent: Thursday, July 31, 2003 11:44 AM
Subject: RES: [AIfIA-pt] Re: Excesso de técnica


A teoria (que nos dá referência para elaboração de um conceito, por exemplo)
realmente não é necessária para tarefas técnicas. Por sorte, as empresas de
serviços e a indústria entendem a importância do conceito no resultado
final, na experiência do usuário. Do contrário, andaríamos no carro dos
Flintstones.

Abraços
Ana

-----Mensagem original-----
De: Irapuan Martinez [mailto:ira em hypergraph.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 30 de julho de 2003 17:33
Para: Arquitetura da Informacao em Portugues
Assunto: [AIfIA-pt] Re: Excesso de técnica

At 10:48 30/07/2003 -0300, Criação - SPO wrote:
>Não conheço o currículo dos cursos de webdesign, mas, se eles têm um
>pouquinho de teoria (história da arte, por exemplo), são válidos.

Acho que em toda a história da arte nunca se deparou com questões como
separar informação da formatação, ou seu conteúdo estar disponível tanto
para monitores, impressoras e sintetizadores, ao mesmo tempo.

A web é uma mídia nova que trouxe uma pá de novos paradigmas. Se o sujeito
que irá desenvolver um site tem olhar crítico ou artístico será ótimo, mas
isso não é pré-requisito para operar HTML. Pré-requisito do HTML é ter o
conteúdo para publicar em HTML - nem saber HTML é mais pré-requisito, em
virtude dos editores gráficos e gerenciadores de conteúdo.

Tá certo que não há nada melhor do que uma peça bem amarrada que explora
algum determinado conceito. Desenvolver conceito precisa de embasamento
teórico. Entretanto, nem tudo que é publicado na web necessita de conceito
- às vezes tudo que o usuário precisa é ter um texto com a informação que
ele deseja.


>Acredito que isso seja consenso, já que o que originou esta discussão foi
>exatamente uma reclamação sobre a falta de base teórica em nosso meio.

Nunca gostei dessa idéia de discriminar os "sobrinhos" - os "sem-teoria",
que publicam na web a fora. A web foi feita para ser democrática. Os
estranhos no ninho é quem quer fazer dela uma experiência sofisticada.

 >> Irapuan Martinez .>__________________________________________
                                     http://www.hypergraph.com.br

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Ao responder, elimine o texto não essencial
de mensagens anteriores e evite formatação.

AIfIA-pt mailing list
AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Ao responder, elimine o texto não essencial
de mensagens anteriores e evite formatação.

AIfIA-pt mailing list
AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt


. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Ao responder, elimine o texto não essencial 
de mensagens anteriores e evite formatação.

AIfIA-pt mailing list
AIfIA-pt em lists.ibiblio.org
http://lists.ibiblio.org/mailman/listinfo/aifia-pt



Mais detalhes sobre a lista de discussão AIfIA-pt